Uma embarcação com mais de 1600 pessoas foi apreendida neste domingo (11), em Belém durante a Operação Verão 202. O barco levava a multidão para uma festa na ilha de Cotijuba, desobedecendo as normas do decreto estadual 800/2020.

Além do descumprimento do decreto, a embarcação, do tipo balsa, tinha capacidade para 600 pessoas e levava um número muito maior do que o permitido.

Uma guarnição do Grupamento Fluvial (GFlu), com apoio da Marinha do Brasil, autuou uma embarcação que saía do Porto Seguro, na avenida Bernardo Sayão. As equipes de segurança pública presentes no local evacuaram a embarcação, que permanece no porto de saída.

Na região metropolitana de Belém, está em vigor o bandeiramento verde, que permite a realização de eventos privados com público de 75% da capacidade do local, ou até 300 pessoas. Casa de shows, boates e casas noturnas permanecem proibidas.

A Marinha do Brasil notificou o dono da embarcação pela infração por superlotação e a Delegacia de Polícia Fluvial (DPFlu) instaurou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por desobediência, já que não havia autorização para o evento.

Foto: Divulgação agência Pará

Informações: G1 Pará

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui