Três pessoas morreram durante uma troca de tiros com a polícia na manhã desta quinta-feira (29) no bairro de Nazaré, em Belém. As mortes ocorreram em um posto de combustíveis, atrás da Basílica Santuário.

Segundo a Polícia Civil, um bando, que tentava assaltar um caixa eletrônico dentro do Hospital Ophir Loyola, foi interceptado na Avenida Magalhães Barata, esquina com a travessa 14 de Março. No momento da abordagem, os suspeitos reagiram e morreram em confronto.

Walter Rezende, Delegado-Geral da Polícia Civil do Pará, disse que a organização criminosa já estava sendo investigada há cerca de dois meses.

“Hoje foi o momento oportuno de abordá-los, momentos antes de eles realizarem uma ação audaciosa contra uma instituição bancária, dentro de um hospital. Nossa equipe, preparada. Na hora em que os abordou, houve reação e, nessa reação, três deles foram feridos, infelizmente evoluindo a óbito. Nós conseguimos prender quatro deles, em seguida, totalizando sete que estão fora de circulação”.

Um dos indivíduos que foi preso, identificado como “Nego Jefferson”, é apontado pela Polícia Civil como conselheiro da facção, e que estaria envolvido nos recentes atentados a agentes de segurança pública no estado.

Ainda segundo o Delegado-Geral, um dos homens que foi preso na operação estava infiltrado entre os funcionários do hospital. Com a apreensão de aparelhos celulares, a Polícia Civil pretende chegar a outros integrantes da organização criminosa, que tem ramificações em Santa Catarina, Rio de Janeiro e Amazonas.

Foto: Reprodução / Tv Liberal

Informações: G1 Pará

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui